Mãe morreu abraçada ao filho em desabamento na praia de Pipa, no RN



Uma das três vítimas do desabamento que aconteceu na última terça-feira (17) na praia de Pipa, em Tibau do Sul (RN), Stella Souza, de 33 anos, morreu abraçada ao filho ao tentar protegê-lo de acidente, segundo testemunha. As informações são do G1.

Stella foi encontrada abraçada ao bebê, de 7 meses. Além dos dois, seu marido, Hugo Pereira, de 32 anos, também morreu soterrado no local, que fica a cerca de 80 km de Natal é um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte.

Segundo a reportagem, o empresário náutico Igor Caetano testemunhou o acidente e tentou socorrer as vítimas.

“Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucados, porque a mãe estava abraçada com ele [o bebê]”, disse a testemunha.

Stella foi encontrada abraçada ao bebê, de 7 meses. Além dos dois, seu marido, Hugo Pereira, de 32 anos, também morreu soterrado no local, que fica a cerca de 80 km de Natal é um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte.

Segundo a reportagem, o empresário náutico Igor Caetano testemunhou o acidente e tentou socorrer as vítimas.
“Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucados, porque a mãe estava abraçada com ele [o bebê]”, disse a testemunha.

“A gente cavou até encontrar o pai, e depois encontramos a mãe e a criança. O menino ainda estava respirando. Por coincidência, uma médica estava passando aqui na hora. Ela tentou reanimar a criança, mas não teve mais jeito”, explicou Caetano.

Os três estavam sentados perto da falésia junto com o cachorro da família, que também morreu no acidente. Segundo as testemunhas, conforme as marés enchem e atingem a falésia, sua base vai se desgastando e isso deixa a parte de cima mais vulnerável a deslizamentos e desabamentos.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.