Bebê com síndrome rara precisa de ajuda para cirurgia de emergência

Bebê com síndrome rara precisa de ajuda para cirurgia de emergência


O nascimento de uma criança é sinônimo de alegria, esperança e expectativa de um futuro melhor. E A chegada da pequena Bianca, de cinco meses, completou a família da mamãe Jennifer e do pai julio Melo . E para continuar a dar sentido  e promover ainda muitas alegrias, Bianca precisa de ajuda. 
Bia nasceu com cranioestenose, uma deformidade progressiva da cabeça do bebê que se dá pelo fechamento precoce de uma ou mais suturas cranianas. No mundo, uma em cada 2 mil crianças são diagnosticadas com cranioestenose. Para que ela possa ter uma chance de ter qualidade de vida, a peque guerreira precisa fazer essa cirurgia antes dos seis meses de idade. 

Jennifer Belarmino, mãe da criança e servidora pública estadual, explica que O SUS faz essa cirurgia, o IMIP também.

Além disso, o plano de saúde deveria cobrir mas, devido a demanda, tanto o SUS quanto o IMIP ,tem uma longa lista de espera e prioridades e, até o momento, o plano de saúde não autorizou a cirurgia.  Inclusive, o Sassepe – plano de saúde dos servidores do Estado, ainda não autorizou e foi acionado na Justiça. A bebê está ficando sem tempo.

Além disso, Bianca também tem  APLV ( é a sigla de alergia à proteína do leite de vaca, uma reação do sistema de defesa do organismo às proteínas do leite.).De fato, a situação de Bianca é delicada. E a família pede ajuda.

Enquanto a justiça não define a situação, os familiares e amigos criaram uma vaquinha virtual para arrecadar fundos para a cirurgia que é muito cara. Então, a mamãe Jennifer está correndo contra o tempo, tentando de todas as formas conseguir que essa cirurgia aconteça até o final do mês de agosto.

Quem puder ajudar, pode ajudar acessando https://www.vakinha.com.br/vaquinha/bianca-craneostenose

Fonte: Luis Correa ( Repórter que Chega Primeiro)

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.