Mãe é condenada a 100 anos de cadeia por entregar sua filha de 10 anos a estuprador


Um juiz sentenciou uma mulher de Montana, Estados Unidos, a 100 anos de prisão estadual depois que ela se declarou culpada de entregar crianças a um estuprador condenado, sabendo que ele iria estuprá-las.

Kimberly Elvera Feigert, 32 anos, foi condenada terça-feira no Tribunal Distrital de Lewis e Clark e rotulada como uma agressora sexual de nível um, informou o Independent Record. A juíza kathy Seeley restringiu Feigert de ser elegível para liberdade condicional pelos primeiros 25 anos de sua sentença.

“Sinto muito por ter perdido meu caminho”, disse Feigert, lendo uma declaração preparada. “Peço a chance de transformar minhas palavras em ações.”
Feigert foi preso em janeiro de 2017 depois que investigadores descobriram fotos de uma garota no banheiro de um prédio onde o estuprador condenado estava recebendo tratamento de agressor sexual, disseram as autoridades.

Feigert então falou sobre a suposta moléstia em telefonemas gravados que o estuprador fez da prisão, dizendo que a garota “não contaria”, de acordo com documentos judiciais. Feigert foi mais tarde acusado de tirar e distribuir fotos sexuais de uma menina com menos de 10 anos.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.