Mulher dá à luz gêmeos e morre pouco depois de coronavírus

Sem doenças associadas, Pricila da Silva dos Santos, 36 anos, deu à luz gêmeos em 15 de abril. No entanto, durante o parto, a mulher começou a tossir repetidamente e precisou de hospitalização. Na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), a condição da paciente piorou e ela morreu em Santos, no litoral de São Paulo.

Segundo o marido de Priscila e pai dos bebês João e Levi, o cabeleireiro Osvaldo Batista dos Santos Filho, de 38 anos a equipe do hospital Guilherme Álvaro informou que sua esposa não resistiu aos sintomas e morreu na última terça-feira (21). O atestado de óbito da vítima afirma que a causa da morte foi pneumonia devido a Covid-19 e insuficiência respiratória. Priscila foi enterrada sem velório devido as medidas sanitárias.

“Era uma mulher muito amorosa e eu não pude me despedir. Sinto como se fosse um sonho incompleto, um pesadelo mesmo. Ela era uma pessoa de saúde perfeita. Parece que ainda não caiu a ficha de tudo o que aconteceu”, desabafa o cabeleireiro.

O teste de coronavírus de Priscilla ainda está sob investigação. Os bebês tiveram resultado negativo para a doença e tiveram alta. O marido acredita que Priscila foi infectada com o novo coronavírus no hospital, enquanto aguardava o parto.

“A gente não saia de casa para nada e ela já estava no hospital para poder segurar o nascimentos dos bebês, para que eles não fossem prematuros. É difícil ter contraído em outro lugar”, relata Osvaldo.

Desempregado, o marido foi surpreendido com uma campanha feita por Fabiana Rolim, amiga de Priscila, para arrecadar alimentos e produtos de higiene para os bebês.

“Eu mesmo não pedi, mas as pessoas que conheciam a minha esposa e sabem da nossa história se mobilizaram e montaram grupos para ajudar. Foi um espanto, não imaginava que teria a ajuda das pessoas nesse momento”, conta Osvaldo.
“Ela era uma pessoa sensacional, me propus porque sei que pode ser difícil cuidar de três crianças”, explica amiga.


 

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.