Depois de sacar auxílio emergencial, homem contrata garota de programa e dinheiro desaparece


Quando o governo federal anunciou que daria um auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores autônomos, informais e desempregados, a intenção era que o dinheiro fosse usado para necessidades básicas das pessoas, como alimentação e pagamento de despesas. Porém, um morador da cidade de União da Vitória, no interior de Santa Catarina, achou uma maneira mais “interessante” de usar o benefício, mas acabou se dando muito mal.
Na última terça-feira (14), após sacar o dinheiro do qual tinha direito, o homem, cuja identidade foi preservada, decidiu usar parte do valor para contratar os serviços de uma garota de programa.
No entanto, a mulher teria lhe furtado a quantia de 550 reais. Não foi dito o que ele fez com os outros 50 reais.
Inconformado, o homem chamou a Polícia, que até localizou a mulher, porém o dinheiro não foi encontrado com ela. Agora o homem vai ter que esperar mais um mês para receber um novo pagamento.
De acordo com informações passadas pela Caixa Econômica Federal, até a próxima sexta-feira (17), serão pagos 4,7 bilhões de reais para 9,4 milhões de beneficiários.
A cidade de Florianópolis começou nesta quarta-feira (15), a realizar exames de casos suspeitos para a Covid-19 pelo sistema de em “drive-thru”. O posto foi montado na Terminal de Integração da Trindade e a intenção era atender a 110 pessoas nesse primeiro dia. Os resultados para estes testes rápidos saem entre 15 e 30 minutos e as pessoas testadas aguaram o resultado no local.
De acordo com informações passadas pela prefeitura, 84 pessoas foram até o local para realizar o teste e em sete delas o resultado deu positivo. Outros 250 testes serão marcados para essa quinta-feira (16), pelo mesmo sistema.
Ainda de acordo com a prefeitura, na próxima semana esse sistema para testes rápidos serão levados para outras localidades da capital catarinense.
Até esta terça-feira Florianópolis contabilizava 233 casos do novo coronavírus. A maioria desses pacientes são jovens e adultos, entre 20 e 59 anos de idade.

Casos de coronavírus em Santa Catarina

Santa Catarina é dos estados da região Sul o que tem menos casos registrados do novo coronavírus. Até a tarde desta quarta-feira (15), de acordo com dados das autoridades de saúde, haviam sido registrados 803 casos. Já o número de mortos era de 28.
Já o Brasil inteiro contabilizava até esta quarta-feira (15), 28.320 casos da doença e o número de mortos chegou a 1.736.
São Paulo segue disparado como o estado onde houve mais óbitos causados pela Covid-19, com um total de 778. Bem atrás aparece o Rio de Janeiro, com 265.
Pernambuco (143), Ceará (116) e Amazonas (106), fecham o ranking dos estados com mais fatalidades.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.