Brasil tem 407 mortes em 24 horas, estabelecendo um novo recorde; o número total de mortes excede 3.000

No Brasil, o número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus aumentou para 49.492, e o número total de mortes atingiu 3.313. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira à tarde.

No último relatório do governo, na quarta-feira, o número total de pessoas infectadas era 45.757, confirmando 2.906 mortes. O balanço mostra que, em comparação com o anúncio de quarta-feira, houve um aumento de 407 mortes e 3.735 casos, superando o recorde de 217 novas mortes e 3.257 novos casos em 17 de abril.

Em uma entrevista coletiva no Palácio do Planalto, o ministro da Saúde, Nelson Teich, comentou: — A gente não sabe se isso aí representa um esforço de fechar os diagnósticos ou uma linha de tendência de aumento.

O Ministério da Saúde já relatou em outras ocasiões que os dados costumam ser maiores após finais de semana ou feriados, porque durante esse período as equipes locais dos estados trabalham em pequenas quantidades e há um enfraquecimento da transferência de informações.

Os dados são, portanto, coletados e geralmente aparecem em boletins emitidos em dias úteis subsequentes. Questionado sobre quando seria possível interpretar o crescimento atual, Teich anunciou que seria necessário monitorar os próximos dias.

— Se for uma linha de tendência de aumento, os números dos próximos dias vão aumentar cada vez mais. E saberemos que não é um esforço  pontual, mas sim uma tendência — disse o ministro.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.