Senado aprova R$ 600 a trabalhadores informais por três meses

O Senado aprovou nesta segunda-feira (30) em sessão virtual, por 79 votos a zero, o projeto que prevê a transferência de R $ 600 por mês para trabalhadores informais. A aprovação foi motivada pela pandemia do novo coronavírus, e o texto prevê pagamento por três meses.

 A proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados na semana passada e agora está sob a sanção do presidente Jair Bolsonaro. Segundo o projeto, o pagamento da ajuda será limitado a duas pessoas da mesma família. O projeto do governo previa R $ 200 por mês. No Congresso, os parlamentares aumentaram o valor para R $ 600.

De acordo com o texto, um funcionário informal, que é mãe e chefe da família, terá direito a dois valores, ou seja, receberá R $ 1.200 por mês, durante três meses. A proposta estabelece uma série de requisitos para os trabalhadores independentes que têm direito a receber assistência, que alguns parlamentares chamam de "coronavoucher".

De acordo com o projeto, o funcionário deve ter pelo menos 18 anos de idade, atender aos critérios de renda familiar e não pode receber benefícios previdenciários, seguro-desemprego ou participar de programas de transferência do governo federal, com exceção do Bolsa Família

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.