Rose confirma em um documento que ela é "solteira" e que havia um acordo para ela ter filhos de Gugu

A "novela" continua por causa da disputa pelo legado de Gugu Liberato. Desta vez, a defesa do apresentador entregou um documento ao Judiciário na última sexta-feira (6), assinado em 2011 por Rose Miriam di Matteo, mãe dos três filhos de Gugu, na qual ela se declararia "solteira". No documento, ela também teria declarado que ela e Gugu "só estão conectados como pais e, portanto, são responsáveis ​​pelo bem-estar das crianças". Se isso for confirmado, o novo documento refuta a alegação de Rose de que Gugu não deixou nada para ela e que os dois não tinham nada além de um acordo para ter filhos juntos.
 
 A informação foi publicada pela revista Veja neste domingo (8). O relatório informa que Gugu havia doado uma casa em Alphaville para Rose. O imóvel possui seis suítes no valor de 1,8 milhão de reais. A herança de Gugu vale mais de um bilhão de reais. Ele possui 193 milhões de reais no banco, possui postos de gasolina, terrenos, estúdios de televisão, prédios comerciais e muitas outras propriedades.  A defesa de Rose contestou o documento, observando que a assinatura foi assinada quando ele foi internado no Hospital Albert Einstein por depressão em 2011, então ele não teria condições perfeitas para saber o que aconteceu.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.