Rede Globo apela e mostra enterro ao vivo de vítimas do coronavírus na hora do almoço

A TV Globo fez uma importante cobertura sobre a pandemia de coronavírus. No entanto, nesta segunda-feira, 30 de março, a emissora fez uma cobertura controversa da tragédia envolvendo a doença no estado de São Paulo.

O SPTV, um noticiário da emissora paulista, mostrou imagens do Globocop ao vivo de enterro, enquanto o noticiário era exibido em um momento em que muitas pessoas almoçam. As imagens mostravam o cemitério de Vila Formosa, no leste de São Paulo, onde muitos buracos estavam sendo feitos para enterrar as pessoas que morreram com suspeita de Covid-19.

A repórter Zelda Mello explicou ao espectador como esse tipo de enterro ocorre, cercado com extrema cautela. Os especialistas usam máscaras e luvas especiais. Os enterros também não podem durar muito. A falta de dignidade e o apego de parentes próximos impedidos de participar desses funerais chamaram a atenção dos telespectadores. Isso chocou quem assistiu ao noticiário.

"Nos dez minutos em que estamos aqui, vimos dois [enterros] nos quais coveiros usam essas roupas especiais. Você pode ver que eles estão vestindo roupas de proteção, capuz, luvas e máscaras. "Poucas pessoas estão presentes", disse a repórter da Globo, como mostra um artigo no site Notícias da TV.

"Você nem imagina o que os parentes devem sentir", continuou Zelda. A Globo foi detonada na Internet.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.