Número de mortos na Espanha por coronavírus chega a 5.690

Houve 5.690 mortes no país causadas pelo novo coronavírus, o segundo maior do mundo. Em um dia, houve mais de 8.000 infecções; o país é o quarto com mais casos. Na Espanha, as mortes causadas pelo novo coronavírus aumentaram para 832 em um dia, atingindo 5.690 pessoas, hospitais e necrotérios estão sobrecarregados, e o chefe de polícia anunciou a morte de um colega aos prantos.

A Espanha perde apenas para a Itália em número de mortos, e o número de infectados no sábado também aumentou para 72.248. O dia anterior era de 64.059. Fernando Simon, chefe de saúde emergencial, disse que o surto parecia ter atingido o pico em algumas áreas, mas não havia leitos de terapia intensiva suficientes no país. "Ainda enfrentamos o grande problema da saturação da unidade de terapia intensiva (UTI)", disse Simon.

Conforme a imprensa relata, enquanto a Espanha se prepara para iniciar a terceira semana de quarentena, o prédio público não utilizado conhecido como "The Donut" foi o último a ser transformado em necrotério improvisado após a pista de gelo da cidade.

 O chefe da Guarda Civil, José Manuel Santiago, ficou emocionado ao prestar homenagem ao chefe do grupo de ação rápida de sua organização, que morreu ontem pelo coronavírus. O governo informou que o fornecimento de 1,2 milhão de máscaras compradas da China pelo Ministério dos Transportes para profissionais de saúde, agentes de transporte e correios chegou ao aeroporto de Madri.

 Escolas, bares, restaurantes e lojas irrelevantes não estão em funcionamento desde 14 de março, e a maioria da população espanhola está em casa tentando limitar a propagação do vírus.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.