Filipinas e Alemanha relatam casos de gripe aviária por codorna

O Departamento de Agricultura das Filipinas confirmou na segunda-feira que havia detectado um caso de influenza aviária H5N6 em uma fazenda de codornas em Jaén, Nueva Ecija. Segundo notícias da agência de notícias do governo filipino, os pássaros foram testados após relatos de 1.500 mortes de codornas em uma fazenda. Segundo o secretário de Agricultura William Dar, 12.000 aves foram mortas e foram realizados procedimentos de higiene e desinfecção. Embora a doença possa ser transmitida ao homem, não há casos de pessoas infectadas, segundo Dar. A cepa H5N6 já havia aparecido na China em 2014.
 Segundo Salvador Panelo, porta-voz da presidência filipina, o governo está pronto para resolver o problema. "Não temos escolha a não ser enfrentar e lidar com isso", afirmou. Caso na Alemanha Segundo a Reuters, um caso de gripe aviária foi confirmado em uma fazenda de galinhas na Saxônia, no leste da Alemanha. Segundo a agência do Ministério Saxon de Assuntos Sociais e Proteção, o caso foi uma gripe aviária H5N8 - diferente das Filipinas. Essa cepa já havia sido registrada na Alemanha, Holanda, Reino Unido e Estados Unidos em 2014.
 Resultado de imagem para codornas
A ocorrência mais recente na Alemanha foi em uma fazenda em Bad Lausick, perto de Leipzig. Todos os pássaros da unidade foram mortos e uma área de quarentena foi montada em torno deles. Casos de gripe aviária foram relatados em quatro países da Europa Central - Eslováquia, Polônia, Hungria e República Tcheca - desde o final do ano passado, em que 140.000 perus e galinhas foram abatidos em uma fazenda em fevereiro, onde a doença foi diagnosticada. A Inglaterra também registrou o primeiro caso no país desde novembro de 2017. Um caso foi registrado com uma ave selvagem na Alemanha em janeiro passado.
 Em fevereiro, diferentemente dos casos mencionados acima, a China registrou um surto de gripe aviária H5N1 na província de Hunan. Como resultado, mais de 17.800 galinhas foram abatidas, segundo o governo chinês. Não foram relatados casos de infecção humana. O H5N1 é uma gripe aviária mortal que começou em 2003 e desde então se espalhou pelo mundo.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.