Câmara aprova projeto para fornecer 600 reais por mês para trabalhadores informais

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (26) um projeto que pagará R$ 600 a trabalhadores informais dentro de três meses devido a pandemia de coronavírus. Mulheres que são mães e chefes de família podem receber R$ 1.200. A proposta original do governo era fornecer R$ 200 para trabalhadores informais.

Após a aprovação, o texto será votado no Senado. O senado ainda não definiu uma data para análise. O pagamento da assistência de emergência é limitado a duas pessoas da mesma família.
 Segundo estimativa preliminar da Instituição Fiscal Independente (IFI), vinculada ao Senado, o impacto tributário com o auxílio à União será de R $ 43 bilhões por três meses.

 O cálculo ainda não considera as mães chefes de família que podem receber auxílio duplo. De acordo com a proposta, o trabalhador autônomo que não receber benefícios previdenciários, seguro-desemprego ou participar de programas de transferência de renda do governo federal, com exceção do Bolsa Família, poderá receber o valor.

Desde a semana passada, a Câmara e o Senado aprovaram projetos relacionados à luta contra o coronavírus e os efeitos da crise. Devido a medidas preventivas contra o coronavírus, a sessão desta quinta-feira foi parcialmente virtual, com apenas alguns membros em sessão plenária. Outros seguidos por videoconferência.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.