Bombeiro morreu tentando salvar mãe e bebê: vejs quem são as vítimas

Nesta terça-feira (3), uma tempestade na Baixada Santista, no litoral de São Paulo, causou um deslizamento de terra nos morros da região (3), matando 17 pessoas e desaparecendo 32 pessoas. Entre as vítimas estavam dois bombeiros que trabalhavam nas buscas em Guarujá.
Veja onde as mortes ocorreram:
 Guarujá - 15 mortes
 Santos - 1 morte
 São Vicente - 1 morte
 A tempestade causou inundações nas vias públicas, serviços prejudicados (transporte, educação, abastecimento de água, eletricidade e telefonia) e bloqueou as rodovias. Tathiana Lopes Arantes de Lima, 25 anos, morreu soterrada no Morro do Macaco Molhado, em Guarujá. Ela estava lá com o filho. A criança está na lista de pessoas desaparecidas. Dois bombeiros morreram tentando salvar a jovem e o bebê do deslizamento de terra. Tathiana foi identificada e o corpo foi liberado na terça-feira à tarde.
Rogério de Moraes Santos era bombeiro há 12 anos e residia em Guarujá. Ele morreu na madrugada desta segunda-feira (3), na tentativa de salvar mães e bebês do deslizamento de terra de Moro Macaco.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.