Ana Maria Braga volta ao Mais Você e diz que o tumor já foi reduzido em 50%

 
A apresentadora de 70 anos Ana Maria Braga voltou ao comando do programa Mais Você (Globo) na manhã desta segunda-feira (2) e aproveitou a oportunidade para falar sobre seu tratamento para o câncer de pulmão. Segundo ela, os resultados foram positivos e os tumores foram reduzidos em 50%. "Estou em tratamento e isso é necessário. Felizmente, sempre foi muito eficaz (...) fiz um bom trabalho, mas a missão está se recuperando. Tenho mais duas sessões programadas , então, por favor Paciência, por que posso me ausentar por um dia ou dois. Mas me concentro na tarefa ".
 Ana Maria, que já lutou contra o câncer, disse que está passando por quimioterapia e imunoterapia combinadas. Ela explicou ainda que o tratamento usa o sistema imunológico do paciente para combater a doença. Segundo ela, ataca células cancerígenas, mas também pode atacar células normais. A apresentadora teve alguns efeitos colaterais como vermelhidão na pele. "Aprendi com meu primeiro câncer que todos temos imenso poder dentro de nós. Temos milhões de células. Damos armas a cada uma dessas células para que possam entrar em guerra contra o tumor", afirmou.

Ao anunciar que estava combatendo a doença, Ana Maria já havia afirmado que não perderia cabelo durante o tratamento, mas que havia "dias em que você se tornaria mais sensível". Ana Maria Braga não apenas se dedicou ao tratamento, mas também se casou com o francês Johnny Lucet (55) durante as férias, que foram planejadas antes que a doença fosse descoberta. O anúncio da união foi anunciado como parte do programa Mais Você em 10 de outubro pelos atuais apresentadores Fabrício Battaglini e Patrícia Poeta. Carlos Henrique Teixeira, coordenador de oncologia torácica do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, diz que a agressividade do câncer de pulmão leva à recorrência, mesmo com tratamentos anteriores bem-sucedidos. Portanto, é necessário manter o acompanhamento do paciente. O adenocarcinoma, um subtipo da doença que afeta a apresentadora, responde por aproximadamente 40% do câncer de pulmão, de acordo com o Instituto Oncoguia. A doença afeta as mulheres em uma extensão ligeiramente superior à dos homens.

Em dezembro de 2015, Ana Maria Braga também revelou durante o Mais Você que estava tratando câncer de pulmão. Naquela época, a apresentadora precisou passar por uma cirurgia para remover um tumor no pulmão esquerdo. "Eu tinha um anjo na minha vida. Eu ainda não sabia que tinha um problema pulmonar. Bill, meu companheiro hoje, me cobra muito e comecei a fazer ginástica. Ele me disse para parar de fumar e que eu precisava fazer algumas coisas. Ele insistiu tanto que eu marquei uma consulta, fiz uma tomografia computadorizada e quando saí disseram que encontraram algo pequeno, o começo de um tumor cancerígeno. [...] É um risco que toda pessoa que fuma tenha ", ele disse. Antes disso, Ana Maria enfrentou câncer de pele em 1991 e descobriu, em 2001, que tinha câncer detectado na virilha e no reto. "Houve uma época em que eu liguei o chuveiro, me deitei e chorei muito", disse ele em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, em 2016.

 "É natural que isso aconteça. Mas você realmente precisa acreditar. Eu disse 'posso aguentar'. Nunca pensei que a doença fosse maior que eu", afirmou. "Estou fumando há tanto tempo, é previsível. Foi minha culpa. Quero dizer, não é uma dívida, é um vício. Sou viciada em nicotina, como um viciado em drogas ou um alcoólatra." Na época, a apresentadora também disse que a terapia de radiação era "avassaladora", mas que se sentia "feliz" por ter acesso aos "melhores da medicina". "Tenho um alto limiar de dor, apesar de ter sofrido. Tomei muita morfina quando pude. Trabalhei nas outras horas. Continuei trabalhando porque era uma boa razão para me levantar todos os dias. Gosto muito do que Eu faço. "

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.