Adolescente mata avó de forma cruel

Um adolescente de 17 anos foi preso na noite de quarta-feira (17) em uma casa em Jaru (RO) por suspeito de matar e esquartejar sua própria avó de 67 anos. Após o crime, o menor enterrou a cabeça da avó e outras partes do corpo no quintal. Na delegacia, o suspeito disse que matou a vítima porque se considerava um serial killer.
Segundo informações da polícia militar (PM), o adolescente foi detido por parentes quando a guarnição chegou à residência para atender o incidente. Os membros da família disseram que o menor havia matado sua própria avó.
 Resultado de imagem para Adolescente mata avó, esquarteja corpo e enterra cabeça dela no quintal de casa em RO
 O suspeito confessou o homicídio à polícia, que entrou na propriedade e encontrou várias marcas de sangue nos quartos e em parte do corpo da idosa. Quando os peritos chegaram ao endereço, descobriram que o corpo da vítima de 67 anos havia sido desmembrado e vários membros foram enterrados no fundo do quintal, como cabeça, pernas e braços. O menor não terminou de esconder o corpo porque alguns amigos da vítima suspeitaram do desaparecimento da idosa na quarta-feira.
 Ao prender o adolescente, o PM descobriu que ele estava cheio de arranhões no corpo, causados ​​durante uma briga corporal entre a vítima e o agressor. O suspeito também disse que a polícia nunca encontraria a arma usada no crime. O jovem de 17 anos foi colocado no camburão e algemado por ameaçar a integridade física da polícia. Ainda de acordo com o PM, o menor começou a chutar o camburão, onde danificou a porta.
Durante o trabalho forense, foram localizados vários preservativos usados ​​dentro da casa, o que chamou a atenção da polícia, já que o adolescente morava sozinho com a avó. Os parentes disseram a polícia que o adolescente pratica zoofilia com um cão da família e sempre tratava sua avó com agressão. Quando ele estava na delegacia, segundo a PM, o adolescente alegou ter matado a própria avó por ser um serial killer.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.