São Paulo confirma primeira morte por sarampo

 
O Ministério da Saúde confirmou a primeira morte por sarampo no estado em 2020 nesta sexta-feira (28) .A vítima é uma criança na cidade de São Paulo sem histórico médico. Até o momento, 246 casos da doença foram confirmados em São Paulo em 2020. Em 2019, o estado foi o mais afetado pelo surto de sarampo no país, com 17.552 casos confirmados e 14 mortes por complicações.
 Em 10 de fevereiro, o Ministério da Saúde, em cooperação com os departamentos estaduais e locais, iniciou a primeira fase da campanha de vacinação contra o sarampo 2020. O objetivo nacional é proporcionar a crianças e adolescentes entre 5 e 19 anos de idade que ainda não foram vacinados contra a doença no dia 13 de março.
Excepcionalmente, a cidade de São Paulo aumentou o limite de idade de dez para 29 anos, buscando aumentar a cobertura vacinal entre adultos na cidade. Desde o início desta etapa da campanha, mais de 859.800 pessoas entre 5 e 19 anos participaram no estado de São Paulo. A vacina tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba. É importante ir aos centros de saúde com o cartão de vacinação, para que um profissional verifique a necessidade de aplicar a dose.

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.