Mulher mata marido porque não aguentava mais ser xingada por ele

 mulher de costas
Uma mulher de 43 anos foi presa na aldeia de Ñu Verá, na cidade de Dourados, no Mato Grosso do Sul, após esfaquear o próprio marido com um punhal durante discussão na terça-feira (10).
Sem identidade revelada, a indígena confessou o crime assim que a polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência ( Samu ) foram chamados no local. Ela alegou que os dois tinham bebido antes de se desentender, disse que não aguentava mais ser xingada pelo marido e por isso decidiu esfaqueá-lo.
O homem, que também tinha 43 anos, chegou a ser socorrido, mas morreu. A mulher foi autuada por homicídio qualificado na Delegacia de Pronto Atendimento de Dourados. Ela está à disposição da justiça e deve responder processo.

IG

Um comentário:

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.