Morre, aos 60 anos, o apresentador Gugu Liberato


Gugu Liberato, umas das figuras mais icônicas da televisão brasileira, morreu, nesta sexta-feira (22/11/2019), aos 60 anos, após sofrer uma acidente doméstico, ocorrido nesta quarta-feira (20/11/2019). Ele teria caído de uma altura de quatro metros na casa dele, localizada em Orlando, nos  Estados Unidos, ao tentar arrumar o ar-condicionado. Ainda não há informações sobre velório e enterro.
Gugu Liberato comandava o reality show Canta Comigo, na Record TV. A atual temporada, que termina no dia 4 de dezembro, já foi toda gravada. Ele ainda apresentaria o especial Família Record e o Power Couple.

Gugu Liberato é um dos nomes mais importantes da televisão brasileira. O apresentador é lembrado, principalmente, pelos anos em que passou no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), comandando programas como o Domingo Legal e o Sabadão Sertanejo.
Trajetória
Antônio Augusto de Moraes Liberato nasceu em 10 de abril de 1959, em São Paulo. O começo da carreira na televisão veio pelas mãos de Silvio Santos, que o convidou para trabalhar na emissora. Em 1981, ele comandou o Sessão Premiada. No ano seguinte, Gugu passou a apresentar o Viva a Noite.
Em 1988, após conseguir reverter uma ida de Gugu para a Globo, Silvio Santos promoveu o apresentador para os domingos, quando comandou quadros do Passa ou Repassa e o Roletrando. Nessa época, nas madrugadas de sábado, ele comandava o Sabadão Sertanejo.
No ano de 1993, o apresentador estreou o programa que o levaria ao estrelato: o Domingo Legal. A atração foi a aposta de Silvio Santos para competir com o Domingão do Faustão. Gugu Liberato criou quadros icônicos, como Táxi do Gugu, Gugu na Minha Casa e a Banheira do Gugu.
ReproduçãoReprodução
Gugu Liberato, em 2009, deixou o SBT e foi para Record, onde estreou o Programa do Gugu. A atração não decolou e o apresentador passou por idas e vindas na emissora de Edir Macedo.
Gugu Liberato era casado com Rose Miriam di Matteo, com quem teve três filhos: João Augusto Liberato, Marina Liberato e Sofia Liberato.
Colaboraram Marcelo Nobre e Marcos Maynart

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.