Governador anuncia investimentos para Limoeiro

O loteamento empresarial de Limoeiro está virando realidade e já provoca efeitos animadores para a economia do município, localizado no Agreste Setentrional. Em visita ao canteiro de obras do parque industrial nesta terça-feira (26/11), o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, anunciou um pacote de ações que vai viabilizar, já em um primeiro momento, investimentos privados de R$ 21,7 milhões e a geração de 525 empregos diretos. Durante a agenda, Câmara assinou a ordem de serviço para entregar o acesso viário ao empreendimento, lançou o processo licitatório para a venda de três lotes e oficializou a doação de um terreno à Bandeira Têxtil, tecelagem local que passará por expansão.
Além do governador, o prefeito de Limoeiro, João Luís Ferreira Filho, o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, o presidente da Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper), Roberto Abreu e Lima, o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Aluísio Lessa, e o presidente da Perpart, Nilton Mota, participaram do evento.
O governador agradeceu a parceria entre o Estado, o município e a iniciativa privada para o sucesso do projeto. “Estamos realizando um sonho antigo. A construção do loteamento empresarial de Limoeiro vai gerar emprego e renda para muitas famílias. Nossa missão, agora, é focar para atrair mais empresas para se instalarem nas quatro áreas restantes do parque industrial”, comentou o gestor.
Os aportes públicos, de R$ 5,8 milhões, serão empreendidos por meio da AD Diper, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Trata-se da área do loteamento, um terreno de 32,2 hectares (dividido em sete lotes), nas margens da PE 50, Km 4,6 (lado direito sentido Limoeiro/Feira Nova, adquirido por R$ 3,1 milhões). Já para a construção do acesso viário, serão R$ 2,6 milhões dentro do orçamento da AD Diper, que contempla, ainda, a aquisição do terreno a ser doado à Bandeira Têxtil, pelo valor de R$ 613 mil.
A escolha das empresas que irão se instalar no loteamento acontecerá por meio da licitação lançada nesta terça-feira (26). “A comercialização dos terrenos, por meio de venda subsidiada, faz parte da política de atração de investimentos do Governo do Estado, por meio da AD Diper. Temos três empresas interessadas em participar da licitação, sendo duas do próprio município e uma da região Sul do Brasil”, explicou o presidente da AD Diper, Roberto Abreu e Lima.
O secretário Bruno Schwambach reforçou a proposta de fomentar a interiorização do desenvolvimento do estado, fortalecendo um movimento de ampliação da estrutura produtiva nas localidades. “O governador me deu uma missão muito clara, de melhorar o ambiente de negócios do Estado para atrair novos investimentos e gerar emprego e renda para todo o povo de Pernambuco. Com muito trabalho e dedicação, conseguimos viabilizar mais de R$ 14 bilhões em investimentos este ano, em mais de 100 empreendimentos espalhados por todo o Estado” comemorou.
É o caso da Bandeira Têxtil. Toda a empresa passará a funcionar no terreno doado à empresa pelo governo. São cinco hectares que, além de receberem a operação atual, localizada na própria cidade de Limoeiro, vão permitir a expansão da empresa. O investimento privado será de R$ 15 milhões nessa ampliação. Com a realocação para o novo terreno, será possível aumentar a produção em 40% e gerar mais 90 empregos diretos. O plano de ocupação e expansão se completará em dois anos.

O prefeito de Limoeiro, João Luís Ferreira Filho, afirma que a concretização do projeto trará muitos benefícios ao município. “É um sonho para o nosso povo. Afinal, o empreendimento trará oportunidades, renda e impostos para melhorar a vida do limoeirense.”O acesso viário
A pista terá cerca de 1,5 quilômetro de extensão, contemplando passeios e ciclovias em ambos os lados da faixa de rolamento. Sem ela, as empresas não teriam como iniciar a construção de suas plantas industriais. Também será possível dar acesso a veículos de pequeno, médio e grande portes, além de pessoas. A obra começará ainda neste mês e deve ser concluída em julho de 2020, gerando 60 empregos diretos.
O secretário Bruno Schwambach reforçou a proposta de fomentar a interiorização do desenvolvimento do estadoO secretário Bruno Schwambach reforçou a proposta de fomentar a interiorização do desenvolvimento do estado - Crédito: Divulgação

Folha PE

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.