Assassinas de criança de 3 anos são agredidas na prisão


As duas mulheres presas suspeitas de matar Davi Gustavo Marques de Souza, de 3 anos, foram agredidas por outras duas detentas, na Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May, em Cuiabá, nesta sexta-feira (29).
Luana Marques Fernandes (mãe de Davi), de 25 anos, e a namorada dela, Fabíola Pinheiro Bracelar, de 22, estão presas desde terça-feira (26), pelo crime de tortura qualificada e homicídio.
As duas estão na ala destinada a reeducandas de crimes semelhantes. Na ocasiãom duas outras detentas estavam alteradas e partiram para a agressão. A equipe de agentes penitenciárias de plantão conseguiram separar a briga.
As mulheres ficaram com hematomas no rosto e foram levadas para o registro de boletim de ocorrência, atendimento médico e realização de corpo delito. As agressoras foram separadas da ala.

Fonte: Jornal de Brasília

Nenhum comentário

Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente a do Portal Bom Jardim.
A responsabilidade é do autor da mensagem.